Capa do banner PJE

Implantação do PJE nas zonas eleitorais

Dando início ao fim dos processos em papel que desde o dia 20 de agosto de 2019 que as 5 zonas eleitorais de João Pessoa já estão utilizando o PJE - Processo Judicial Eletrônico. O sistema permite a tramitação de processos por via digital, o que torna a prestação jurisdicional mais célere, econômica e sustentável. Essa é a primeira etapa de implantação do Pje na 1ª instância da Justiça Eleitoral Paraibana. A expectativa é que até o dia 17 de dezembro do corrente ano todas as 68 zonas eleitorais do estado estejam aptas a trabalhar com o novo sistema.


Acesso

O Processo Judicial Eletrônico está disponível para qualquer cidadão através do endereço da internet: https://pje1g.tse.jus.br/pje. Ele pode ser utilizado para propositura e tramitação de ações nas zonas eleitorais paraibanas.

 

Requisitos

Para utilizar o PJe, cada usuário deve possuir certificado digital, mais conhecido como token. Além disso, o usuário deverá instalar o Pjeoffice, disponível em: http://www.tre-pb.jus.br/servicos-judiciais/copy_of_processo-judicial-eletronico/processo-judicial-eletronico-pje. Para consultas públicas processuais, o usuário deverá acessar o seguinte endereço: https://pje1g.tse.jus.br/pje/ConsultaPublica/listView.seam.

 

Cronograma

A implementação do sistema nas zonas eleitorais vai obedecer um cronograma definido pelo TSE que prevê quatro etapas. Em setembro o PJe começará a ser utilizado nas zonas eleitorais de Campina Grande. Em outubro, o PJe será implementado em mais 57 zonas espalhadas por todo estado, com exceção das zonas 27,38 e 52 (Taperoá, Brejo do Cruz e Coremas) que estarão aptas em 17 de dezembro de 2019.

A utilização do PJe no TRE-PB começou na segunda instância em outubro de 2016. Nas Eleições 2018, todos os feitos já tramitaram na Corte Eleitoral paraibana de forma eletrônica.

 

Acesse a página