Eleita nova Comissão Executiva do Colégio de Ouvidores da Justiça Eleitoral

A eleição foi realizada remotamente na manhã desta sexta-feira (3), durante a Reunião Virtual do Colégio de Ouvidores da Justiça Eleitoral (e-COJE)

TRE-PB COJE

Vinte e dois juízes ouvidores de todo o país, em Assembleia Geral Ordinária do Colégio de Ouvidores da Justiça Eleitoral (COJE), realizada remotamente na manhã desta sexta-feira (3), e durante a Reunião Virtual do Colégio de Ouvidores da Justiça Eleitoral (e-COJE), elegeram a nova Comissão Executiva da entidade.

A juíza ouvidora e membro decana da Corte do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) Michelini de Oliveira Dantas Jatobá foi reeleita para a Presidência e os juízes Ricardo Alberto (TRE-RJ), Kamile Castro (TRE-CE), Thiago Paiva (TRE-PR) e Francisco Guimarães (TRE-RR) foram alçados a vice-presidente, primeiro, segundo e terceiro secretários, respectivamente.

Proclamado o resultado, os eleitos foram empossados regimentalmente, iniciando o seu mandato bienal no dia 26 de agosto de 2020.

Encerrada a Assembleia Geral Ordinária, o Colégio decidiu, à unanimidade, aderir à Campanha “Sinal Vermelho Contra a Violência Doméstica” da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), por meio de ações de divulgação socioeducativas, pelas ouvidorias.

Por fim, o colégio deliberou pela realização do XIII Encontro de Representantes das Ouvidorias e do COJE nos dias 30 e 31 de outubro do corrente ano.

Sobre a reeleição, disse a Juíza Michelini Jatobá: “Agradeço a confiança depositada pelos colegas e parabenizo os demais eleitos. Continuaremos esse bom trabalho coletivo; nossas reuniões são sempre muito produtivas e as discussões, pontuadas por boas ideias e iniciativas. Assim é o espírito do COJE, espelhando as virtudes que todos nós buscamos praticar em nosso trabalho nas ouvidorias, em especial, a transparência e a colaboração.”

O Colégio de Ouvidores da Justiça Eleitoral tem como objetivos preservar e respeitar os princípios da Constituição Federal, da Declaração Universal dos Direitos Humanos e das Constituições Estaduais, além de fomentar a atuação das Ouvidorias Eleitorais sempre com transparência, visão sistêmica, ética, responsabilidade corporativa, fidelização, respeito e imparcialidade. O COJE é uma sociedade civil, de âmbito nacional, sem fins lucrativos, fundada em 16/09/2011, em Fortaleza/CE, integrada por membros dos TREs que estejam exercendo os cargos de Ouvidores.

Inscreva-se no perfil oficial do COJE no Instagram e fique por dentro de todas as informações do Colégio de Ouvidores da Justiça Eleitoral.

Últimas notícias postadas

Recentes