Rodolfo Alves assume Procuradoria Regional Eleitoral

Rodolfo Alves Silva, designado para exercer a função de Procurador Regional Eleitoral, por período de dois anos

#PraCegoVer: Membros da Corte Eleitoral perfilados para fotografia: juiz Antônio Carneiro, juiz Rogério Abreu, procurador Eleitoral Rofdolfo Alves, desembargador Ricardo Porto, desembargador Carlos Beltrão, juíza Michelini Jatobá, diretora-geral Alexandra Cordeiro, e o juiz Arthur Fialho.

Nesta quinta-feira (3), ao abrir a Sessão Ordinária do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), o desembargador Carlos Martins Beltrão Filho, presidente do TRE-PB, deu as boas-vindas ao Procurador da República Rodolfo Alves Silva, designado para exercer a função de Procurador Regional Eleitoral.

O presidente do TRE-PB disse da sua alegria em receber, na Corte Eleitoral, o representante do Ministério Público Federal, Rodolfo Alves, na condição de Procurador Regional Eleitoral, pedindo a Deus que o abençoe na missão, que “já executa tão bem na sua área”, para que no TRE-PB tenha felicidade na sua estada profícua e de grande participação.

Em seguida falou o juiz Antônio Carneiro de Paiva Júnior, afirmando que o “doutor Rodolfo honra-nos, e honra, sobremaneira, o Ministério Público Federal, que dará, com certeza, continuidade ao trabalho que o doutor Victor Carvalho Veggi vinha desenvolvendo neste Regional”, findou suas palavras asseverando: “Tenha em cada um de nós, alguém que possa contribuir para o desiderato de sua função”.

A juíza Michelini de Oliveira Dantas Jatobá, desejando boa sorte ao procurador Regional Eleitoral, afirmou ter certeza que doutor Rodolfo vai desenvolver um grande trabalho no TRE da Paraíba.

Dando as boas-vindas ao procurador Rodolfo Aves, o juiz Arthur Fialho desejou muito sucesso ao que chamou de “nova empreitada”, se referindo à competência do procurador, sobre o seu empenho no cumprimento do dever, afirmou não ter dúvidas que prestará um serviço de excelência à Corte Eleitoral paraibana.

O desembargador José Ricardo Porto, vice-presidente do TRE-PB, saudou o procurador Rodolfo Alves, dizendo da sua admiração, do seu respeito e do seu carinho ao procurador, “pessoa de fácil trato, afável, de boa convivência”, por fim desejou muito sucesso à sua trajetória.

Desejando muito sucesso ao procurador Rodolfo Alves, o juiz Rogério Abreu revelou que o conhece desde o tempo de faculdade: “Sou testemunha do comportamento extremamente elegante que Sua Excelência tem na condução dos seus trabalhos, além de ser um grande conhecedor do direito, tenho certeza que esta Corte terá novamente, porque esta não é a primeira vez, o privilégio de ter os bons préstimos de Vossa Excelência em benefício do serviço público”.

O procurador agradeceu às palavras recebidas: “Tenham certeza, os senhores, que contarão com um representante do Parquet Eleitoral bastante dedicado às suas funções, responsável com sua atividade, com o objetivo de entregar o melhor à sociedade”, afirmou.

Sobre o procurador
 
Rodolfo Alves é natural de São José de Piranhas/PB, formou-se em Direito, em 1999, pela UFPB; assumiu o cargo de analista processual da Justiça Federal na Paraíba, em 1999; assumiu o cargo de procurador da Fazenda Nacional, no ano de 2000, exercendo as atividades na Procuradoria Seccional da Fazenda Nacional em Campina Grande; assumiu como procurador da República em Imperatriz/MA, onde permaneceu até março de 2004, saindo para Maceió/AL. Removido para a Procuradoria da República no Município de Campina Grande/PB, onde ficou até outubro de 2006, quando passou a exercer o cargo em João Pessoa/PB. Foi procurador-chefe do MPF na Paraíba de 2013 a 2017, e já exerceu a função de Procurador Regional Eleitoral em 2014/2016.

Marcos Alexandre Bezerra Wanderley de Queiroga, passa a ser o Procurador Regional Eleitoral Substituto. Os procuradores exercerão suas funções por dois anos no Eleitoral.

Últimas notícias postadas

Recentes