Corte Eleitoral aprova voto de profundo pesar pelo falecimento do médico Marco Aurélio Barros

O voto foi proposto pelo juiz federal Sérgio Murilo Wanderley Queiroga.

O voto foi proposto pelo juiz federal Sérgio Murilo Wanderley Queiroga.

O Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), nessa segunda-feira (3), aprovou, à unanimidade, voto de profundo pesar, proposto pelo juiz federal e membro substituto do TRE-PB, Sérgio Murilo Wanderley Queiroga, em razão do falecimento do cardiologista Marco Aurélio Barros, que faleceu no último sábado (1º/8/2020), aos 84 anos de idade.

“O doutor Marco foi professor titular da Universidade Federal da Paraíba, com uma carreira brilhante na academia. Foi fundador do Hospital Samaritano, com os também eminentes médicos: Augusto de Almeida e Lavoisier, tendo também fundado a sociedade paraibana de infectologia. Membro da Academia Paraibana de Medicina e seu presidente”, afirmou o juiz Sérgio Murilo.

A Presidência do TRE-PB determinou o envio de comunicação oficial aos familiares enlutados.

Últimas notícias postadas

Recentes